top of page

Uma Viagem sensorial

No sábado ensolarado do dia 21 de novembro, acompanhamos um grupo muito descontraído, que desfrutou da natureza e dos azeites da região de Caçapava do Sul e Cachoeira do Sul/RS.

O grupo foi organizado pela Azeiteria Brasil e a Atenas Turismo com uma programação intensa em duas das cidades que fazem parte da Rota das Oliveiras. A viagem teve como ponto de partida Porto Alegre e acompanhamento de Ana Tassia Blazoudakis idealizadora do roteiro.

A primeira parada foi no Empório Prosperato para visitar o pomar, seguido de uma degustação de azeites de oliva extravirgem Prosperato, guiada pelo Mestre de Lagar Rafael Marchetti.


Fotos: Eduardo M. Palmeira

O Lagar da Prosperato (lugar onde são elaborados os azeites de oliva) é responsável por produzir um alimento de alta qualidade, tendo em seu histórico diversas premiações nacionais e internacionais a cada safra.

Após a visita e uma aula sobre o azeite de oliva desenvolvido pela empresa, o grupo partiu para a Fazenda Pitangueira, propriedade da família Abdala, que a cada ano colhe um azeite com características sensoriais diferenciadas: o azeite de oliva extravirgem Don José.


Fotos: Eduardo M. Palmeira

Os anfitriões Jorge e Rosane Abdala, e seus filhos Ricardo e Carlos, proporcionaram um dia repleto de delícias gastronômicas harmonizadas com o azeite Don José. Na programação, visita ao pomar, almoço campeiro com música ao vivo. Sem contar, é claro, os doces caseiros preparados e servidos por Rosane.

A anfitriã nos declarou que a propriedade estará aberta para receber grupos de turistas desde que agendados previamente para os finais de semana. Recomendamos.

Após a refeição, partimos para uma trilha até a Toca das Carretas, local de extraordinária formação rochosa e que foi cenário de algumas cenas do filme Anahy de Las Misiones.



Fotos: Eduardo M. Palmeira

Ao final da tarde, fizemos um breve passeio pelo Centro Histórico da cidade, com destaque para o Museu Lanceiros do Sul, que teve guiamento do secretário de Cultura e Turismo Municipal de Caçapava do Sul, João Timotheo Esmério Machado, e a presença do subsecretário da pasta Erni Santos Rocha.

Foto: Eduardo M. Palmeira

O secretário destacou que a região, além da olivicultura, tem muita história que está sendo resgatada com a estruturação do Museu Municipal, localizado em frente ao reconhecido Marco Farroupilha.

Visitamos o inacabado Forte Dom Pedro II, datado de 1848, e contemplamos o pôr do sol na Serra do Sudeste, junto à Chácara do Forte, de propriedade de Erni e Rita, que oferece uma bela vista panorâmica dos vales de Caçapava.

Uma outra surpresa nos chamou a atenção, idealizada pela organizadora do tour Ana Tassia, uma grega gaúcha, que trouxe um pouco da cultura helênica para o roteiro: a quebra de pratos.

Isso mesmo, quebramos os pratos de acordo com a tradição grega de Ana Tassia, que convidou os integrantes do grupo a escreverem no prato tudo o que desejassem se “livrar”. Em tempos de tantas notícias ruins de 2020, um ritual de “limpeza” como este foi bem recebido por todos, ao som de música grega e a vibe de “Viva La Vida”, do Coldplay.





Fotos: Eduardo M. Palmeira

Um brinde ao entardecer fechou com chave de ouro este dia repleto de atividades e alto astral.

Quer viajar? Em breve estaremos acompanhando outros roteiros. Acompanhe.

Contate click no link e acompanhe as empresas Atenas Turismo e Azeiteria Brasil

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page