top of page

Olivicultura registra nova safra recorde e azeites gaúchos são qualificados com o Selo Premium


Safra de 2022 apresentou crescimento de 122% em relação ao ano de 2021


Na noite desta quinta-feira (19/05), a olivicultura do Rio Grande do Sul viveu um momento histórico. Durante o primeiro dos dois jantares beneficentes do evento Olivais no Cais – o segundo é nesta sexta-feira, 20 - foram conhecidas as primeiras 29 marcas de azeites gaúchos qualificadas com o Selo Ibraoliva Produtos Premium – Origem e Qualidade, uma iniciativa da Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia (SICT/RS).

O processo de qualificação, que culminou com os agraciados na noite desta quinta-feira, teve início no primeiro dia do Olivas no Cais, com a Análise Sensorial. Na ocasião, nove azeitólogos renomados do Brasil avaliaram, “às cegas”, oitenta rótulos de azeites gaúchos extravirgem, de 29 produtores que se candidataram ao Selo Premium.

Durante a análise, foram seguidos os parâmetros de qualidade estabelecidos pelo Conselho Oleícola Internacional, entidade situada na Espanha. Para grata confirmação do que já se imaginava, todos os 29 produtores participantes tiveram seus rótulos qualificados. Mais uma vez, o azeite de oliva gaúcho demonstra o porquê de estar sempre no pódio mais alto dos principais concursos internacionais do mundo.

O presidente do Ibraoliva, Renato Fernandes, salienta que o selo é uma segurança maior para todas as partes envolvidas nesta cadeia oleícola.

“O Selo do Ibraoliva além de ser uma garantia de qualidade para o consumidor e para o produtor é também um selo contra a falsificação de azeites de oliva no Brasil, pois esses produtos foram submetidos a um grupo avaliador extremamente competente e profissional, onde todos os critérios são extremamente rigorosos”, destaca.

Confira, nomimalmente, por ordem alfabética, as 29 marcas que tiveram seus azeites qualificados: * Alto dos Olivos * Casa Alfaro * Milonga * Amoliva * Casa Gabriel Rodrigues * Olivae * Azeite Batalha * Casa Marchio * Olivas da Lua * Azeite Gaita * Costa Doce * Olivas do Sul * Azeite Nina * Dom José * Recanto Maestro * Bem Te Vi * Estância das Oliveiras * Sabiá da Vigia * Biome * Estância do Forte * Sol das Olivas * Capela de Santana * Estanzuela * Território 63 * Capolivo * Fazenda Lanceiros Negros * Verde Louro * Casa Albornoz * Fazenda Serra dos Tapes Rio Grande do Sul estabelece número recorde em 2022

Além da divulgação dos azeites qualificados com o Selo Premium, na noite desta quinta-feira (19) também houve o anúncio dos números oficiais da safra deste ano no estado do Rio Grande do Sul, através de levantamento realizado pela Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento do RS (SEAPDR/RS) em conjunto com a EMATER/RS e apoio do Instituto Brasileiro de Olivicultura (Ibraoliva).

Durante o jantar beneficente, o secretário adjunto da Secretaria da Agricultura do RS, Rodrigo Ramos Rizzo (na foto, com o microfone), revelou que a safra de 2022 apontou para uma produção de 448,5 mil litros de azeite de oliva extravirgem produzidos em solo gaúcho, um crescimento de 122% em relação ao mesmo período do ano anterior, no qual foram produzidos 202 mil litros.

O presidente do Ibraoliva, Renato Fernandes, comemora os números, mas vê potencial para mais crescimento.

“A cada ano, o interesse pela produção aumenta, as parcerias público-privadas vão se estabelecendo com mais força e a tendência é de crescimento exponencial ano a ano”, afirma.

Volume de azeite produzido no RS, nos últimos anos, de acordo com dados da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEPDR/RS):

  • 2022: 448,5 mil

  • 2021: 202 mil

  • 2020: 48 mil

  • 2019: 198 mil

  • 2018: 58 mil

  • 2017: 57 mil

  • 2016: 32 mil

Crédito da foto: Adri Felden | Argosfoto Texto: Jornalista Luciano Gasparini Morais (DRT/RS 14.608) Contato: +351 938 106 459 (WhatsApp)

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page