top of page

II DIA DE CAMPO: Olivicultura em evidência no Espírito Santo



Foi realizado no dia 22 de janeiro o II Dia de Campo sobre Olivicultura, principal evento do cultivo de oliveiras no Estado do Espírito Santo. O evento foi realizado no distrito de Arace, na Fazenda Vale das Oliveiras, de propriedade do Sr. Paulo Sardenberg e sua equipe. Evento realizado com sucesso e com a participação de mais de 150 participantes, destacando a presença de mais de 50 produtores de oliveiras do Estado.

O Espírito Santo atualmente possui 144 produtores, distribuídos em 18 municípios, em aproximadamente 500 hectares cultivados no Estado. Os municípios de Domingo Martins e Santa Teresa concentram a maior parte dos olivais.




Durante o evento, todos os participantes do evento puderam visitar os estandes dos patrocinadores participantes do evento, dentre eles estava o principal fabricante de equipamentos de extração de azeite de oliva no Brasil, a FAST. Empresa essa reconhecida por possuir alta qualidade na fabricação e operação de seus equipamentos, tanto a nível nacional quanto internacional.

Outras marcas patrocinadoras também participaram como o Caffè Serro, Agroquímica Teresense, Vit Agrícola, Verde Urânia, Imobiliária Ruskin Júnior, Dom Docciê e o stand da Nova Oliva.

No segmento de equipamentos e insumos agrícolas podemos destacar a participação da Comercial Scardua, a maior distribuidora de produtos Stihl do Brasil. Já a empresa Ferrari Máquinas e Ferramentas apresentou os produtos da Makita do Brasil, com uma ampla linha de produtos voltados para a agricultura.


A abertura do evento foi realizada pelo primeiro palestrante do dia o MSc. Eng. Agr. Fabricio Rezende Salomão, consultor da empresa Nova Oliva. A palestra abordou a origem, expansão territorial, planejamento, formação do olival e manejo da cultura.



Na sequência o Dr. Pedro Maranha Peche, abordou os aspectos técnicos ligados a colheita, como pré-florada, floração, ponto de colheita e transporte ao lagar.

A FAST foi apresentada pelo palestrante Ademir Silveira D. Ávila, representante da FAST do Brasil, abordando aos participantes as operações desenvolvidas no lagar, como a recepção e o processamento das azeitonas, para a produção de um bom azeite.



No período da tarde, a qualidade sensorial do azeite, construção de marcas e comercialização foram abordadas por Sandro Marques, escritor do livro "Extrafresco - O guia de azeites do Brasil". Sandro está preparando mais uma edição que deve ser lançado em 2022, azeitada de novidades.



Posteriormente foi a vez de destacar o tema sobre Turismo e Olivais com a palestra ministrada pela MSc. Adm. Luciane Gomes, Diretora da Revista Azeites e Olivais, destacando as experiências que os turistas buscam ao visitar um olival.


As palestras foram encerradas com a fala do presidente da Associação dos Olivicultores do Espírito Santo - OLIVES, o Eng. Marco Aurélio, que apresentou o cenário da olivicultura e suas perspectivas em solo capixaba, apresentação de novos dados e adesão para novos produtores.


No campo, foram realizadas as práticas onde os participantes foram divididos em grupos nas estações de conhecimento. No primeiro grupo foi abordado aspectos técnicos da colheita, com a demonstração de equipamentos e colheita manual das azeitonas. O segundo grupo desenvolveu práticas de poda, adubação, conservação dos solos e demais ações que envolvem os tratos culturais. O terceiro grupo acompanhou as atividades desenvolvidas no lagar, com a apresentação da máquina extratora e demais procedimentos para o seu funcionamento, operacionalização e envaze do azeite.

Esse importante evento para a região, foi realizado pela empresa Nova Oliva Consultoria Agrícola e a Associação dos Olivicultores do Espírito Santo - OLIVES.



Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page