top of page

Ibraoliva e Sescon-RS terão espaço no Parque Assis Brasil em Esteio

Entidades definem junto a direção do local a área onde será construída a nova sede que deve estar funcionando na próxima Expointer



O Instituto Brasileiro de Olivicultura (Ibraoliva) e o Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis, Assessoramento, Perícias Informações e Pesquisas do Estado do Rio Grande do Sul (Sescon-RS) passarão a ter uma sede no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS). A confirmação e escolha do terreno onde será construída a casa ocorreram nesta quinta-feira, 23 de março. As duas entidades terão uma unidade compartilhada que ficará próxima à área de imprensa e à pista de julgamentos de bovinos e ovinos. Para comemorar, foram plantadas duas oliveiras que, conforme informou o presidente do Ibraoliva, Renato Fernandes, são as primeiras de uma Alameda de Oliveiras que será criada dentro do parque que está sofrendo uma transformação. “Estão sendo estabelecidas relações com parceiros que possam dar vida ao parque durante o ano todo, e a nossa sede irá funcionar desta forma”, salientou. Fernandes enfatizou que este pleito de ter uma sede onde é realizada a maior feira agropecuária a céu aberto da América Latina, a Expointer, teve início em 2022 por intermédio do vice-presidente do Instituto, Flávio Obino. De acordo com Fernandes, será um projeto rápido com a previsão de inaugurar a nova casa já na Expointer deste ano. “Está sendo conquistado um espaço importante para os olivicultores e para os associados do Sescon-RS. O nosso objetivo é ter a sede funcionando todo o ano, inclusive com eventos além da Expointer”, afirmou, agradecendo a todos os envolvidos neste processo. O presidente do Sescon-RS, Flávio Duarte Ribeiro Júnior, destacou, por sua vez, que a relação do sindicato com alguns produtores de azeite de oliva, em especial com Flavio Obino, ajudou para esta aproximação entre as duas entidades. “O Sescon-RS atende as associações, os institutos, e o Ibraoliva é uma entidade em que o Sescon-RS abarca na sua atuação sindical. Então, tudo veio a calhar para essa parceria”, observou, enfatizando a importância dos associados do Sescon-RS junto à cadeia do agro, desde a parte da agricultura quanto da pecuária. “Desde a plantação, da colheita, da produção, da indústria, estamos envolvidos como um prestador de serviço nesse cenário. Esse foi um pilar importante que fez com que buscássemos estar no Parque com uma Casa Sescon-RS”, detalhou. De acordo com Ribeiro Júnior, a casa no Parque Assis Brasil terá como objetivo apresentar as atividades do Sescon-RS e receber os associados. Salientou, ainda, que os representados do Sindicato atendem o meio rural, a contabilidade rural. “Apoiamos a qualificação e aprimoramento dos contadores voltados ao agronegócio e, com essa parceria, estreitaremos laços com a gestão contábil e financeira do setor agrícola. Portanto, esperamos criar na nossa casa uma atmosfera onde poderemos recepcionar a sociedade, a comunidade gaúcha e pela Expointer ser uma feira internacional iremos levar esse trabalho para outros pampas”, colocou, informando que a casa está em fase de prospecção e a vontade é de que já esteja funcionando nesta Expointer. “Estamos muito felizes e acreditamos que será uma parceria muito profícua”, relatou. O presidente do Sescon-RS também destacou o “papel fundamental” da subsecretária do Parque Assis Brasil, Elizabeth Cirne Lima, para que fosse possível estabelecer um lugar estratégico para a Casa Ibraoliva/Sescon-RS. “Ela nos acolheu desde o início quando pleiteamos o espaço e foi incansável para podermos realizar esse sonho”, concluiu. Segundo Elizabeth, desde o ano passado o governo do Estado tem provocado a subsecretaria do Parque Assis Brasil para que estudasse projetos e ações que trouxessem novos usos e vida para o local. “A nossa maior concentração de público e de atividades estão relacionadas com a Expointer e a Fenasul, mas, para além destas duas feiras, a ideia é trazer novos usos, pois enxergamos o parque como uma jóia”, observou. A subsecretária ressaltou a satisfação com a proposta de uma nova sede e ações apresentada pelo Ibraoliva e Sescon-RS. Colocou que a atividade da olivicultura foi muito apoiada pela Secretaria da Agricultura, através das suas câmaras setoriais, e ver a pujança que o setor conquistou no mercado “traz muita alegria”. Elizabeth relatou, ainda, que a expectativa é de que as duas entidades tenham uma programação ao longo do ano.

Foto: Divulgação Texto: Rejane Costa/AgroEffective Mais informações sobre o Ibraoliva Site: www.ibraoliva.com.br

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page