top of page

Conhecimento de além mar

Por: Linai Bastos

Nessa semana a administradora da Fazenda São Jorge, Paula Becker, esteve participando da XX Feira Internacional da Industria de Azeite de Oliva Extravirgem e Indústrias Afins na Espanha, a EXPOLIVA 2021. A feira acontece em Jaén, na Espanha, considerada a Capital Mundial da Olivicultura e, segundo Paula, “é fácil entender o porque de tal título, para onde olhamos, nas ruas, estradas e entorno, é um mar de oliveiras”.

Foto: Paula Becker

O evento acontece dos dias 22 a 25 de setembro e, excepcionalmente em 2021, em decorrência da pandemia, está sendo realizada em setembro pois, geralmente, acontece no mês de maio a cada dois anos.

Foto: Paula Becker

Paula explica que a olivicultura brasileira é muito diferente da Mediterrânea no que diz respeito a nutrição e controle de pragas, devido às condições climáticas muito diferentes e as altas umidades e índices de chuvas muito maiores no Brasil. “Quando fiz meu curso profissional de olivicultura na Espanha meu professor ficou indignado que plantaríamos oliveiras onde temos, às vezes, 150mm de chuva em um mês, na Espanha eles não têm essas precipitações nem em um ano, me mandou plantar arroz” se diverte a responsável pela marca Herança do Cerro, azeite produzido em Encruzilhada do Sul, que já está se preparando para a segunda safra de seu excelente produto que teve uma grande aceitação no município e já tem seu estoque de 2021 esgotado.


“Esse tipo de feiras é muito interessante para vermos novidades tecnológicas que não chegam para nós no Brasil, tirar ideias, inspirações e trocar experiências”

“Esse tipo de feiras é muito interessante para vermos novidades tecnológicas que não chegam para nós no Brasil, tirar ideias, inspirações e trocar experiências”, conta Paula que durante o evento participou também do Simposium Técnico-Científico que contava com palestras e apresentações de estudos e projetos inovadores do setor. Paula visitou ainda o stand da marca Pieralisi, uma das mais importantes empresas do mundo em extração de azeite e que assina as maquinários instaladas no pavilhão da AFRUTES para extração de azeite dos associados de Encruzilhada do Sul que já deverá estar em funcionamento para a campanha 2022 e fez contato com alguns fornecedores de maquinários de poda e colheita e de garrafas, algo que, segundo ela, está bastante difícil de encontrar no Brasil para o ano que vem.

A profissional conta que ainda seguirá viagem ao norte do país europeu para visitar algumas propriedades de seus professores do Curso de Mestre de Lagar o qual está participando para aprender mais e conhecer melhor e ao vivo técnicas avançadas de extração de azeite, já que a Espanha já iniciou, em algumas regiões e propriedades, a safra 2021/22. “A extração bem feita é um ponto crucial para a qualidade do azeite de oliva, e isso sim é algo que não depende de clima e sim de experiência e conhecimento”, algo que os espanhóis nos ganham de sobra já que são os maiores produtores de azeite de oliva do mundo, com 56% da parcela mundial.

“Aprender, trocar informações, ver novas tecnologias é o que faz um profissional se destacar em relação a outros”, acredita Paula, “e essa é a razão pela qual estou sempre fazendo cursos e, quando possível, viagens técnicas”.

Paula retorna ainda em setembro ao Brasil para concretizar as obras do Pavilhão do Rener onde será montada a agroindústria da marca Herança do Cerro, após comodato feito com a Prefeitura do Município e inicio da safra de mirtilos, em novembro.

Comments


Post: Blog2_Post
bottom of page